quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

dos caminhos

Hoje estou demasiado triste. Pelas coisas que não resultam na nossa vida. Só porque somos diferentes. Só porque vemos o mundo com os nossos olhos, o nosso coração. Só porque sentimos com os nossos sentidos. Cada um para si. Pela não harmonia que se instala. Hoje estou profundamente triste. E, dentro desta tristeza, pensei, talvez seja mesmo assim, talvez seja isso. Como se não tivesse que ser. Como se o universo girasse e conspirasse para isso. Não forçar algo. Deixar fluir. E assim encontrar um novo caminho. A vida é feita de novos caminhos, novos sentidos. A coragem que se perde. A coragem que se ganha. O medo. A aventura. O coração apertado. O coração livre. A procura. A procura. O caminho. 


1 comentário:

  1. é tão verdade, e hoje sinto-me perto de ficar tão triste como tu...

    ResponderEliminar